Amamentação

Seu bebê só quer mamar um peito?

Quem está, de alguma forma, envolvido com a amentação sabe que é bem comum que os bebês elejam um peito favorito. De um lado, ele se deleita. Do outro, fica incomodado, chora e até recusa.
Mamar apenas de um lado não é necessariamente um problema, principalmente em caso de bebês novinhos, que estão se adaptando, junto com a mãe, à amamentação. Mas, no caso de o bebê rejeitar  frequentemente um seio, ele pode diminuir a produção, fazendo com que essa rejeição seja cada vez maior e o seio produza cada vez menos, em um ciclo vicioso até que a produção de um dos lados cesse.
Por que isso acontece?
As principais causas que podem levar o bebê a rejeitar uma das mamas são:

Maior conforto na posição de um dos lados.
Às vezes a mãe consegue acomodar o bebê mais confortavelmente em um dos lados, e no outro, o bebê se sente desconfortável, tendo dificuldades em “agarrar” a mama.

Dor em algum lugar do corpo do bebê
O bebê pode estar sentindo alguma dor causada por vacinas, fraturas, mal jeito, dor de ouvido unilateral ou qualquer tipo de dor, fazendo com que ele se incomode em determinadas posições.

Menor produção em um dos seios
No caso de um dos seios estar produzindo menos leite, é natural que o bebê opte pelo outro lado por ter mais facilidade para extrair o leite da mama.

Diferença nos mamilos
Sim, os mamilos são diferentes entre si. E isso pode ocasionar mais dificuldade para o bebê abocanhar um dos lados, fazendo com que ele tenha preferência pelo outro.

Problema em um dos seios
Em casos de problemas como mastite ou candidíase, o bebê pode rejeitar o seio por causa da modificação no sabor do leite, que torna-se, de certa forma, desagradável ao seu paladar.

O que fazer?
Existem algumas estratégias ou “truques” para ajudar a resolver essa questão.
Comece a mamada sempre pelo seio que o bebê recusa. Quando está com mais fome, tem mais chances de aceitar. Mas não espere que ele esteja chorando de fome, pois nesse ponto, ele tende a estar mais irritado e ter mais dificuldades com a pega.
Ofereça a mama rejeitada quando o bebê estiver sonolento, porém tranquilo.
Utilize nessa mama a posição invertida, com o corpo do bebê na lateral do corpo da mãe, sob a axila, posição com o bebê sentado ou com a mãe deitada. Às vezes o problema está apenas na posição
Tenha paciência, carinho e contato físico com o bebê. Não force que ele aceite a mama. Isso pode causar mais resistência.
Enquanto tenta ajustar a preferência do seu bebê, uma boa opção é ordenhar a mama que ele  não aceita, para manter a produção do leite e/ou estimular a produção desse lado, caso esse seja justamente o problema que está ocasionando a rejeição. O leite extraído pode ser oferecido no copinho.
Outra opção é procurar um pediatra amigo da amamentação ou uma consultora para avaliar as mamas e verificar se há algum problema fisiológico.
Se você tentou tudo isso e nada funcionou, fique tranquila. É possível amamentar em apenas um dos lados sem nenhum prejuízo nutricional para o seu bebê. Lembre-se que há mães que amamentam gêmeos exclusivamente e que a produção do seu corpo se ajusta de acordo com a demanda do bebê.  Ao passar a amamentar em apenas um seio, ele passará a produzir o suficiente para satisfazer a necessidade do seu filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *